Matricule-se
Artigos Alura Lingua

Como usar THERE IS e THERE ARE em inglês

Fabricio Carraro
Fabricio Carraro
There is there are

Muitas pessoas têm problemas para expressar a existência de algo quando começam a aprender inglês, usando até mesmo construções erradas. Hoje veremos a fundo as formas corretas de se expressar essa ideia - "there is" e "there are".

'There is' e 'There are'

Tanto "there is" quanto "there are" são usadas para expressar a existência de algo. Em português, geralmente usamos as formas "", "tem", "existe" para indicar essa ideia. Por exemplo:

- There is

A diferença entre os dois é que "there is" é usada para substantivos no singular e para coisas incontáveis. Exemplos:

É muito comum também ver a forma abreviada de "there is" - "there's". O significado é exatamente o mesmo, apenas um pouco mais coloquial:

- There are

Já a forma "there are" será usada para substantivos contáveis no plural. Exemplos:

Também existe uma abreviação para "there are" - "there're", mas ela é raramente usada na escrita. A forma completa "there are" é preferida.

Uso errado de 'have'

Um erro comum entre brasileiros aprendendo inglês é tentar traduzir literalmente a palavra "tem" (do verbo "ter") e usar a forma "have" em inglês, como em:

Porém isso é errado! A frase acima não faz sentido nenhum em inglês, então tomem cuidado para não usarem "have" com o intuito de indicar a existência de algo.

Negação

Na negação, como é comum em inglês, no geral basta adicionarmos a palavra "not". Ou seja, teríamos "there is not" e "there are not". As formas mais usadas, porém, serão as abreviadas - "there isn't" e "there aren't".

Note que é comum o uso da palavra "any" na negação. Exemplos:

Perguntas com 'There is' e 'There are'

Para perguntar sobre a existência de algo é bem fácil. Basta seguirmos as regras de como se fazer perguntas em inglês. Ou seja, nesse caso, como existe o verbo "to be" (ser, estar), basta inverter a ordem das palavras.

Note que é comum o uso da palavra "any" para perguntar sobre a existência. Para a resposta, usamos a mesma estrutura. Exemplos:

Outro exemplo:

Mais um exemplo:

'There is' e 'There are' no passado

Para formar o passado de "there is" e "there are" é bem fácil. Sabemos que "is" e "are" são formas conjugadas do verbo "to be" (ser, estar) no tempo Presente. Se colocarmos essas formas do verbo "to be" no passado, teremos as conjugações corretas - "there was" e "there were". Exemplos:

Para a forma negativa, a regra é a mesma, e no geral também usaremos as formas abreviadas - "there wasn't" e "there weren't". Exemplos:

'There is' e 'There are' no futuro

Fomar o futuro também é bem fácil, e ele tem a mesma forma tanto para o singular quanto para o plural - "there will be". Exemplos:

Tranquilo, né? Agora você já sabe usar todas essas formas e dizer se algo existe ou não!

E você sabe conjugar os verbos no 'Simple Past', o passado simples em inglês?

Aproveite e faça nosso teste de nível de inglês. Ou baixe nossa apostila que te ensina como aprender inglês de maneira eficiente!

Quer realmente aprender outras línguas, como inglês e espanhol? Conheça os nossos cursos que reforçam o aprendizado de inglês e espanhol.

Inglês e espanhol online de maneira eficaz!

Acesso a todos os cursos.

Plano Anual 12x R$40 ou R$480 Comprar
Plano Semestral 6x R$50 ou R$300 Comprar